banner_white05

Turismo sobre duas rodas pelo Centro Histórico de Niterói

18/04/2016

 

Ciclistas visitaram pontos do Centro Histórico de Niterói Douglas Macedo

Foto: Douglas Macedo/ O Fluminense

 

Trinta pessoas se inscreveram para a primeira edição do Niterói Bike Tur, iniciativa idealizada para levar ciclistas para conhecer o Centro Histórico de Niterói, neste domingo (17).

 

O evento, fruto da parceria entre o programa Niterói de Bicicleta, da Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur) e da Universidade Federal Fluminense (UFF), tem o objetivo de desenvolver o cicloturismo na cidade e a cidadania no trânsito.

Segundo Isabela Ledo, coordenadora do Niterói de Bicicleta, o Niterói Bike Tur surgiu a partir da demanda de ciclistas.

"Embora este seja um domingo em que as pessoas estão mais preocupadas com a politica nacional, nós já havíamos programado este encontro bem antes. Temos percebido uma demanda muito grande dos ciclistas da cidade por atividades culturais. Resolvemos, então, unir essas esferas: mobilidade, cultura e turismo", explica.

Moradores de Niterói aproveitaram o passeio turístico para conhecer melhor Niterói, como a cabeleireira Ednete Petraglia, moradora de Icaraí, que foi acompanhada de seu filho. "Estou achando o passeio excelente. Não havia planos melhores para fazer com o meu filho Vinícius hoje. Por incrível que pareça, nunca tínhamos entrado no Teatro Municipal de Niterói e agora, depois da visita guiada, sabemos como ele foi fundado, quando, como e sua importância para a cultura da cidade", disse.

Já o australiano, morador do Rio de Janeiro, Mike Linke, atravessou a Baía de Guanabara de barca com o seu triciclo sustentável, movido a energia solar ou elétrica para participar do passeio.

"Estou muito interessado na questão da mobilidade no mundo. Já morei na Holanda e na África, onde participei de ONGs, sempre em projetos relacionados com o uso da bicicleta. É muito fácil apenas reclamar, quando, na verdade, o melhor é usarmos a nossa energia para fazer algo. Acho que a bicicleta é o futuro", observou Mike.

O tur deste domingo teve início às 9h . O ponto de partida foi Teatro Popular Oscar Niemeyer, seguido da Praça Araribóia, Praça Juscelino Kubitschek, Espaço Cultural dos Correios, Teatro Municipal de Niterói. Outros pontos visitados foram a Câmara Municipal, a Biblioteca Pública de Niterói, indo até a Ponta d'Areia e o Mercado do Peixe, com término no ponto de partida, o Teatro Popular.

Ainda segundo a Isabela Ledo, outros passeios serão realizados, sempre no terceiro domingo de cada mês. "Este é o primeiro de vários encontros que reúnem atividade física, mobilidade, lazer e turismo", ressaltou.

Fonte: O Fluminense