banner_white05

Prefeitura de Niterói estipula 34 metas até 2020

25/06/2017

 

FAVE

Fonte: Agência O Globo / Felipe Hanower

 

 Plano prevê urbanização das três comunidades mais populosas da cidade

 

A prefeitura apresentará amanhã os projetos do planejamento estratégico para o período 2017- 2020 do plano Niterói Que Queremos. Entre os 34 anunciados, estão a municipalização do Complexo Esportivo Caio Martins, a realização de Parcerias Público-Privadas (PPPs) para a criação do Mercado Municipal Feliciano Sodré, a revitalização da orla de Charitas, um programa de aceleração de startups, a criação dos parques das lagoas de Itaipu e Piratininga e a urbanização das três comunidades mais populosas da cidade: a Vila Ipiranga e os morros do Estado e Preventório.


O plano Niterói Que Queremos foi lançado em 2013 e prevê ações para melhorar a qualidade de vida da cidade até 2033. Na primeira etapa (de 2013 a 2016), foram definidos 32 projetos. Alguns deles ficaram para a segunda fase do planejamento, que será divulgada nesta segunda-feira, como o estudo para a implantação do VLT entre Charitas e o Centro e a criação do Mercado Municipal Feliciano Sodré. De acordo com o prefeito Rodrigo Neves, os projetos serão iniciados ainda este ano.

 

No plano de metas para o período 2017-2020, também estão a conclusão da segunda fase da Transoceânica, com a implantação do corredor de ônibus BHS; melhorias no transporte público; a ampliação e modernização da maternidade municipal Alzira Reis; a criação do programa Remédio em Casa; a implantação de cem quilômetros de malha cicloviária, sendo 57 quilômetros apenas na Região Oceânica; ações de prevenção à ocupação irregular; e a modernização da Praça Araribóia, no Centro. O cronograma com início e término de cada ação será anunciado futuramente pelo município.

 

Fonte: O Globo