logo

logo logo logo Colab

SEPLAG – UGP/CAF

Licitações Sexec

Licitações SEMUG


Início
Audiência Pública marca mais um passo para a revitalização do canal de São Lourenço PDF Imprimir E-mail

24/10/2019 – A primeira etapa do licenciamento ambiental das obras de dragagem do Canal de São Lourenço foi concluída com a apresentação do Estudo e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) do projeto, em audiência pública realizada na noite desta quarta-feira (23), na Sala Nelson Pereira dos Santos, em São Domingos.



O canal que atravessa os municípios de Niterói e São Gonçalo hoje está obstruído por sedimentos e restos de embarcações que impedem uma boa circulação hídrica da região. Com a dragagem, o canal aumentará de 7 para 12 metros permitindo a entrada de grandes navios e a previsão é de novos negócios nas áreas de construção naval e reparos, além de estimular a indústria do pescado, uma outra grande vocação do município de Niterói.

O EIA/RIMA foi apresentado a aproximadamente 100 pessoas por representantes da Comissão Estadual de Controle Ambiental (Ceca), do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), do Instituto Nacional de Pesquisa Hidroviária (INPH) e da Concremat, empresa contratada pela Prefeitura de Niterói para executar o projeto. A audiência foi acompanhada por representantes do setor naval e da indústria da pesca, moradores da região portuária entre outros.


O secretário de Desenvolvimento Econômico de Niterói, Luiz Paulino Moreira Leite, falou da importância do projeto para a cidade.

“Essa é a parte final de um trabalho que pensamos com muito cuidado. A audiência pública é o encerramento dessa etapa e agora os órgãos competentes vão dar continuidade a esse projeto. Niterói, com essa iniciativa, vai resgatar a tradição de porto. Assim, novas oportunidades de emprego vão surgir. Além disso, as águas das nossas praias vão melhorar e os pescadores poderão ter melhores condições de trabalho”, disse o secretário.

O diretor do Instituto Nacional de Pesquisa Hidroviária (INPH), Domênico Accetta, mostrou antigas cartas náuticas da Ilha da Conceição, onde era possível notar a distância da ilha para o continente, que hoje não são mais separados.

“Essa etapa hoje começa um novo ciclo importante porque materializou o conceito de um empreendimento e de um projeto que vai requalificar a indústria naval e o setor portuário. Além disso, envolve a parte social e melhora a circulação hídrica da Ilha da Conceição”, declarou Domênico.


O presidente da Câmara de Moradores da Ilha da Conceição, Jorge Luiz da Silva, falou da expectativa dos moradores da retomada de empregos na indústria naval e da revitalização da região.

“Esse esclarecimento sobre o projeto foi fundamental para os moradores da Ilha. Vai ser muito bom termos os estaleiros de volta, termos geração de emprego. A dragagem mexe com todo mundo, com famílias inteiras além das empresas. É uma expectativa muito grande”, afirmou.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ