logo

logo logo logo Colab

SEPLAG – UGP/CAF

Licitações Sexec

Licitações SEMUG


Início
Prefeitura de Niterói vai reflorestar mais de 200 hectares com 300 mil mudas e sementes PDF Imprimir E-mail

parque-cidade
31/10/2019 – O Parque Natural Municipal de Niterói (Parnit), no Parque da Cidade, uma das principais Unidades de Conservação do município, foi a primeira área a receber, nesta quinta-feira (31), a restauração ecológica, projeto de semeio e plantio de mudas de espécies da Mata Atlântica. Serão mais de 300 mil sementes e mudas, em um total de 203,1 hectares reflorestados com vegetação nativa. O próximo local a receber a iniciativa será a restinga de Itacoatiara.

 



O projeto está sendo desenvolvido pela Secretaria de Meio Ambiente Recursos Hídricos e Sustentabilidade (Smarhs) de Niterói com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a fundo perdido (não reembolsável) para aplicação em recuperação do meio ambiente. Serão R$ 3 milhões em diversas áreas da cidade.

Com a ajuda de voluntários, os técnicos da Secretaria de Meio Ambiente realizaram, nesta quarta-feira (31), a semeadura dos frutos da palmeira juçara, que serve de alimento para mais de 70 espécies de animais, entre aves, mamíferos e lagartos. Apenas n área do Parnit serão 86 hectares reflorestados.

“Iniciamos o maior projeto de reflorestamento da história da cidade. Nossos técnicos fizeram a análise de todos os pontos que serão contemplados com o projeto, as sementes foram para viveiros e estamos entrando nesta fase de replantio. Hoje utilizamos a técnica de dispersão de sementes da palmeira juçara na mata ciliar. Essas palmeiras foram retiradas do ambiente há anos por conta da extração de palmitos e são de extrema importância porque alimentam cerca de 70% da fauna silvestre”, explicou Gabriel Cunha, subsecretário municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade.

O reflorestamento será realizado ainda em locais como a Ilha Pai e Mãe e restinga da Duna Grande, em Itaipu, Ilha do Veado, em Piratininga, e nas restingas de Itacoatiara e de Camboinhas.

Alex Faria Figueiredo, coordenador e gestor do Parnit, explica que a participação de voluntários é de extrema importância para o projeto.

“Os voluntários que se dispõem a trabalhar nesse plantio também fazem parte da história da cidade, são moradores que também dependem desse ecossistema e podem ajudar com isso a preservar seu habitat”, disse Alex.

O projeto tem como objetivo caminhar para uma Niterói Mais Sustentável, seguindo os protocolos assinados com a ONU (Organização das Nações Unidas) para atender pontos como: melhoria da qualidade ambiental das áreas envolvidas na restauração ecológica para os cidadãos do município, visitantes, e gerações futuras.
 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ